PUBLICIDADE

Topo

Coronavírus: como ficam diagnóstico e tratamento de doenças hematológicas?

Roberto Kalil

01/06/2020 04h00

As chamadas doenças hematológicas são doenças que envolvem tecidos e órgãos responsáveis pela proliferação, maturação e destruição das células do sangue (hemácias, leucócitos e plaquetas). E são várias. Entre as mais comuns estão as leucemias crônicas, agudas, linfomas agressivos, os chamados indolentes, entre outros.

Muitas exigem tratamento imediato, a exemplo das leucemias agudas. Mas, infelizmente e, de forma equivocada, quando acontece uma pandemia, muitas pessoas postergam a busca por diagnósticos e tratamentos.

Para falar da relação entre o atual cenário de rápida contaminação pelo novo coronavírus e doenças do sangue, conversei com a coordenadora da hemato-oncologia do Hospital Sírio Libanês, Yana Novis.

Convido a todos para assistir ao vídeo acima.

Sobre o Autor

Roberto Kalil Filho é médico cardiologista, professor titular da disciplina de Cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), presidente do Instituto do Coração (inCor/HCFMUSP) e diretor do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês. É responsável pelo portal de saúde Dr Kalil Coração & Vida, consultor do quadro Bem Estar, do programa ‘Encontro’, da Rede Globo, e estreou o programa Minuto do Coração, na Jovem Pan.

Sobre o Blog

Professor titular de Cardiologia, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), Roberto Kalil Filho vai falar sobre saúde do coração, e de outros temas relacionados a bem-estar, como longevidade, exercícios físicos e alimentação saudável. Dr.Kalil, que também preside o Instituto do Coração (InCor) e dirige o Departamento de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, vai compartilhar sugestões para que os brasileiros vivam mais e melhor. E não é difícil. Segundo ele, basta ter uma rotina equilibrada e cuidar bem do coração.