PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Coronavírus e grupos de risco: não suspendam tratamentos prévios

Roberto Kalil

23/03/2020 04h00

Doenças cardiovasculares, a exemplo de infarto e acidente vascular cerebral (AVC) são as principais causas de mortalidade em todo o mundo. Estima-se que, anualmente, pelo menos 20 milhões de pessoas ao redor do planeta sejam vítimas fatais destas condições. Por isso, como já falei aqui antes, os cuidados preventivos com a saúde são tão importantes.

Hoje, com a disseminação mundial do coronavírus, pacientes idosos, com hipertensão, obesidade, diabetes, entre outras doenças secundárias devem redobrar estes cuidados – uma vez que contrair a covid-19, doença relacionada ao novo coronavírus, pode ser ainda mais agressiva neste grupo.

E faço mais um alerta importante: não suspendam medicamentos e tratamentos prévios sem recomendação médica. Este também é um alerta importante da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

E para falar deste assunto, conversei com o Dr. Gonzalo Vecina, ex-secretário municipal de Saúde e um dos sanitaristas mais renomados dos país.

Compartilho o vídeo acima com vocês.

 

 

Sobre o Autor

Roberto Kalil Filho é médico cardiologista, professor titular da disciplina de Cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), presidente do Instituto do Coração (inCor/HCFMUSP) e diretor do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês. É responsável pelo portal de saúde Dr Kalil Coração & Vida, consultor do quadro Bem Estar, do programa ‘Encontro’, da Rede Globo, e estreou o programa Minuto do Coração, na Jovem Pan.

Sobre o Blog

Professor titular de Cardiologia, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), Roberto Kalil Filho vai falar sobre saúde do coração, e de outros temas relacionados a bem-estar, como longevidade, exercícios físicos e alimentação saudável. Dr.Kalil, que também preside o Instituto do Coração (InCor) e dirige o Departamento de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, vai compartilhar sugestões para que os brasileiros vivam mais e melhor. E não é difícil. Segundo ele, basta ter uma rotina equilibrada e cuidar bem do coração.

Blog do Roberto Kalil