PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Água com limão e redução do colesterol: o que há de verdade na história?

Roberto Kalil

09/12/2019 04h00

Você já deve ter ouvido falar ou lido por aí que água com limão é benéfica ao organismo. Por quais razões? Muitas. Mas a principal é a de supostamente baixar os níveis de colesterol ruim no sangue. Ou, ainda, que água com limão reduziria a gordura depositada nas artérias do coração e cérebro. Outra ideia popular é sobre o suco de berinjela com laranja. Teriam os mesmo supostos efeitos da água com limão em relação à redução do colesterol?

Sempre que escutar coisas do tipo, é preciso ter em mente as seguintes perguntas: trata-se de um mito ou de uma verdade? Qual foi a fonte de propagação da história? Há comprovação científica sobre estes fatos?

Estes são os temas que trago e esclareço no vídeo acima.

Estes são os temas que trago e esclareço hoje. Convido a todos para assistir ao vídeo acima.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Sobre o Autor

Roberto Kalil Filho é médico cardiologista, professor titular da disciplina de Cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), presidente do Instituto do Coração (inCor/HCFMUSP) e diretor do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês. É responsável pelo portal de saúde Dr Kalil Coração & Vida, consultor do quadro Bem Estar, do programa ‘Encontro’, da Rede Globo, e estreou o programa Minuto do Coração, na Jovem Pan.

Sobre o Blog

Professor titular de Cardiologia, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), Roberto Kalil Filho vai falar sobre saúde do coração, e de outros temas relacionados a bem-estar, como longevidade, exercícios físicos e alimentação saudável. Dr.Kalil, que também preside o Instituto do Coração (InCor) e dirige o Departamento de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, vai compartilhar sugestões para que os brasileiros vivam mais e melhor. E não é difícil. Segundo ele, basta ter uma rotina equilibrada e cuidar bem do coração.

Blog do Roberto Kalil