Topo
Blog do Dr. Kalil

Blog do Dr. Kalil

Categorias

Histórico

É possível evitar milhões de mortes com atitudes simples

Roberto Kalil

15/07/2019 04h00

Crédito: iStock

Você sabia que podemos evitar milhões de mortes com medidas simples? Pois, sim, é possível. A prevenção das doenças cardiovasculares é a medida mais eficiente para evitar mortes por infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral (derrame). Essa prevenção se dá, fundamentalmente, pelo controle adequado dos chamados "fatores de risco para aterosclerose" (acúmulo de depósitos de gordura nas paredes internas dos vasos sanguíneos). São eles: colesterol alto, tabagismo, diabetes, hipertensão arterial, sedentarismo, entre outros.

As doenças cardiovasculares são as principais causas de mortalidade no mundo, representando mais de 30% de todas as mortes globalmente.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 17,5 milhões de pessoas morrem vítimas de doenças cardiovasculares por ano, sendo que 50% poderiam ser evitadas por medidas de prevenção.  No Brasil, a situação não é diferente. A média anual chega a 400 mil — o que corresponde a uma vida perdida a cada 40 segundos. Isso corresponde a duas vezes mais do que todas as mortes decorrentes de câncer, e seis vezes mais que as provocadas por todas as infecções no país.

As doenças cardiovasculares são um grupo de doenças do coração e dos vasos sanguíneos. Dessas, as mais comuns são:

  • Doença coronária (infarto agudo do miocárdio e angina) – doença das artérias coronárias, vasos sanguíneos que irrigam o músculo cardíaco;
  • Acidente vascular cerebral (AVC) ou derrame – doença dos vasos sanguíneos que irrigam o cérebro.

O infarto agudo do miocárdio e o acidente vascular cerebral geralmente são eventos causados principalmente por um bloqueio que impede o sangue de irrigar, respectivamente, o coração e o cérebro. A causa mais comum desse bloqueio é o acúmulo de depósitos de gordura nas paredes internas dos vasos sanguíneos, a chamada aterosclerose. Isso ocorre por uma combinação de fatores de risco, como:

  • predisposição genética,
  • uso de tabaco,
  • dietas inadequadas,
  • obesidade,
  • sedentarismo,
  • uso nocivo do álcool,
  • hipertensão arterial,
  • diabetes e
  • aumento do colesterol.

Os exemplos do que deve ser feito para diminuir a incidência de infarto agudo do miocárdio e os acidentes vasculares cerebrais são:

  • praticar atividades físicas,
  • ter uma alimentação balanceada,
  • controlar o colesterol,
  • controlar a pressão arterial;
  • controlar o diabetes e
  • não fumar.

O ideal é que também não haja consumo de álcool – ou fazê-lo, no máximo, de forma moderada. Outras medidas importantes são a redução do consumo de sal, e a busca por assistência médica de qualidade — a fim de realizar check-up, e ter orientação correta para a utilização da medicação, quando indicada.

Embora essas doenças e as formas de prevenção das mesmas sejam conhecidas da comunidade médica e da população em geral, os brasileiros vêm sofrendo cada vez mais com a ocorrência precoce das doenças cardiovasculares e suas graves consequências. Como cidadãos, devemos nos conscientizar sobre a importância da nossa saúde, e assumir papel de protagonista de uma vida com qualidade.

A saúde começa com o autocuidado, e milhares de vidas poderão ser salvas se todos se empenharem em estabelecer medidas de prevenção contra doenças cardiovasculares. Portanto, priorize uma dieta equilibrada, não fume, não beba álcool exageradamente, cuide de sua pressão arterial, previna e controle o diabetes e o colesterol alto.

E, claro, não se esqueça: a prática regular de exercícios também é de extrema importância.

Cada um de nós deve ser responsável pela adoção de um estilo de vida mais saudável e com qualidade.

 

 

Sobre o Autor

Roberto Kalil Filho é médico cardiologista, professor titular da disciplina de Cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), presidente do Instituto do Coração (inCor/HCFMUSP) e diretor do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês. É responsável pelo portal de saúde Dr Kalil Coração & Vida, consultor do quadro Bem Estar, do programa ‘Encontro’, da Rede Globo, e estreou o programa Minuto do Coração, na Jovem Pan.

Sobre o Blog

Professor titular de Cardiologia, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), Roberto Kalil Filho vai falar sobre saúde do coração, e de outros temas relacionados a bem-estar, como longevidade, exercícios físicos e alimentação saudável. Dr.Kalil, que também preside o Instituto do Coração (InCor) e dirige o Departamento de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, vai compartilhar sugestões para que os brasileiros vivam mais e melhor. E não é difícil. Segundo ele, basta ter uma rotina equilibrada e cuidar bem do coração.